Para você, o que você gosta diariamente!

Por esses dias, me peguei refletindo sobre algo que já falei aqui com vocês recentemente: o cotidiano. Acredito que esse é um tema quase impossível de se fugir para muitos artistas. Como criar sem se deixar interferir pelo meio, sem colocar um pouco de si no que faz?


Então, inspirada pelas pequenas belezas do dia a dia, retratei um momento muito especial do meu cotidiano. Diariamente, coloco a mesa do café da manhã para meu esposo e este é um momento que, embora rotineiro, já virou uma forma de demonstração de carinho e atenção em meio a toda a monotonia que pode ser a rotina.


E esse trechinho de Diariamente, interpretada na voz da Marisa Monte e maravilhosamente composta pelo Nando Reis, diz bem do sentimento deste momento e da intenção por trás desse simples ato:


“Para o telefone que toca

Para a água lá na poça

Para a mesa que vai ser posta

Para você, o que você gosta diariamente”


Essa canção foi uma das que estavam na playlist do projeto Conversas no Sofá, e nos rendeu ótimas análises. Tanto que, de tudo isso, nasceu mais esta ilustração.


E você, o que mais gostaria de compartilhar sobre o seu cotidiano? Conta pra mim nos comentários.





10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo